Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Bichanando

Onde uma jovem quarentona limpa o cotão que tem no cérebro!

Bichanando

Onde uma jovem quarentona limpa o cotão que tem no cérebro!

20190721_141250.jpg

Esta manhã fui buscar a minha pequena ao Parque de Campismo de Lisboa onde passou o fim de semana com as amigas da ginástica acrobática - era mesmo eu, com 8 anos, que passava noite fora no pinhal! Mas quero que a minha pimpolha se divirta muito, sendo eu apologista da máxima - quanto mais liberdade, mais responsabilidade (e foi com pessoas de confiança)!
E foi a com a maior responsabilidade que a minha Caetana, 'observadoira' como sua mãe, me perguntou quando já vínhamos no carro:
«Mamã - reparaste na estátua que estava à entrada do campismo? Aquela de uma senhora a apertar as maminhas?»
(Fui logo tirar a foto).
«Sim - ali no meio do lago!»
«Explica.»
«Explico o quê?»
«Porque é que aquela estátua está ali , onde todos vêem, quando vêm cá muitas famílias e meninos. Aquilo faz lembrar aquelas coisas que passam na televisão muito tarde e que os pequenos não podem ver. Então porque está ali mesmo à entrada?»
Tentei explicar-lhe que era arte, que o nú era uma forma de expressão e que, se ali estava, devia ter algum propósito, alguma história, algum porquê....
«Nem quero saber que porquê foi esse - imagino, ali no meio da mata!»
«PIQUI........!!!!!»
Tal não é a moenga....

MyEmoji_190426_112334_14.gif

 

Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.