Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Bichanando

Onde uma jovem quarentona limpa o cotão que tem no cérebro!

Bichanando

Onde uma jovem quarentona limpa o cotão que tem no cérebro!

Sex | 26.10.18

Ainda os carros...

Bicho

frade.jpg

Ora cá ando eu a digladiar-me com o carro!  Ó karma....Agora foi um senhor mais entradote que me levou a dianteira (e eu que ainda pensava ter sido eu a culpada - haja alguma coisa que não seja a Elsa Marina a ter  de pedir desculpa). Agora é marcar peritagem, ficar sem veículo, andar a pedir boleias, ficar dependente até para ir às compras...argh! Lembrei-me logo quando em Beja, recém encartada (e mal) tentei curvar para rua bem estreitinha. Quem é de Beja sabe do que estou a falar: aquelas travessas brancas e apertadinhas perto do nosso Castelo. Eu e a minha banheira, na altura...o Astra! Claro que me armei em campeã, não tirei bem as medidas (ainda hoje é talento do qual sou desprovida) e raspei o carrinho todo pela parede branca da nossa zona histórica. E depois? Nem para trás nem para a frente. Quem havia de surgir para ajudar-me?
Um frade, daqueles típicos, de túnica castanha e corda à cintura. «Venha, venha...agora para trás, agora para frente, chegue mais...» E fazia ainda pior. Quanto mais me instruía mais eu tirava cal da casa de esquina. Ficou mossa na parede (peço desculpa- cá está - à câmara municipal ou ao proprietário lesado há 20 anos - já perscreveu, certo?) e mossa no belo do Astra do qual não me devia ter desfeito.  Outros tempos! Impressionante como há coisas que nunca mudam!