Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Bichanando

Onde uma jovem quarentona limpa o cotão que tem no cérebro!

Bichanando

Onde uma jovem quarentona limpa o cotão que tem no cérebro!

20190706_203342.jpg

É a maior! Quem havia de ser? A minha mãe Gertrudes! Como é que eu não havia de ser acelerada nas horas....Minha pobre filha que é bem pior que nós as duas juntas.
Fui a Beja passar o fim de semana, altura em que a Tuta (Gertrudes) não sai da cozinha.
Não me perguntem porquê...Faz sopas, faz o prato preferido de casa um, enfim!
Estavamos as duas a conversar na cozinha e ela a mexer nos tarraços - ao tirar o cace de dentro da sopa era ver espinafres a voarem e a aterrarem no chão. «Ficaram enleados na colher», explicava-se. 
A saga continuou na altura da fruta. A partir meloa madura para a netinha e ao querer tirar-lhe as pevides, saltavam sementes por cima das nossas cabeças tal a forma frenética com que distribuía as fatias. Fiquei um pouco mais a conversar com o meu pai enquanto a Gertrudes lavava a loiça. Desisti quando olhei para o braço e estava cheio de bolinhas do detergente. 
É assim a minha Gertrudes. Assim sou eu! A minha Caetana?... Quem batiza furacões e intempéries?
Ainda cheguei a pensar ter mais filhos! Mas Lisboa não precisa de outro terramoto!
Tal não é a moenga...

MyEmoji_190426_112334_23.gif

 

1 comentário

Comentar post