Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Bichanando

Onde uma jovem quarentona limpa o cotão que tem no cérebro!

Bichanando

Onde uma jovem quarentona limpa o cotão que tem no cérebro!

Seg | 03.09.18

Escadaria abaixo

Bicho

biblioteca.jpg

Ainda me lembro quando abriu a Biblioteca José Saramago, em Beja. Era linda (ainda é), com umas escadas de madeira no interior que nos conduziam ao bar e a uma ampla sala onde podíamos ler revistas, ouvir CD's....A Biblioteca passou a ser ponto de encontro, local para dar à língua, mais que para o estudo! Tarde houve em que lá fiquei a fazer tempo - já nem sei para quê mas recordo-me que, graças a Deus, estava sozinha. Sempre tive o péssimo hábito de falar sozinha (dizem que é faculdade de pessoas inteligentes!). Abro a boca e invento diálogos que gostava que acontecessem, ensaio conversas...sei lá., monga. Pergunto e dou as respostas, sozinha! A minha mãe sempre disse que fazia mutetos (a Gertrudes inventa palavras).
Ora, quando me vinha embora, a fazer os meus 'mutetos', entretida com os meus pensamentos que deviam ser jeitosos, encalhei em mim própria na primeira escadinha da longa escadaria exterior bem visível na foto. Meus amigos, pela saúde da minha Caetana que vim rebolando até à estrada! Mesmo tipo filme - escada por escada, a bater com o befe em todos os degraus. Sei que só parei na estrada - sim o embalo foi tal que depois das escadas ainda me arrastei pelo passeio. Tenho a imagem fixa de estar deitada de costas na estrada, levantar a cabeça e ver o edifício ao contrário! Logicamente que, o que mais me importou, foi perceber se alguém me tinha visto naquela triste figura. Só depois me preocupei se vinha algum carro... Se fosse hoje não me livrava de ir parar ao You Tube. Por Dios!!!!

2 comentários

Comentar post