Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Bichanando

Onde uma jovem quarentona limpa o cotão que tem no cérebro!

Bichanando

Onde uma jovem quarentona limpa o cotão que tem no cérebro!

5c64614f8a836.jpg

Ai bombeiros! Ai fardas! Sempre gostei. Fazer o quê?
Famosa é a história em que eu, ainda quando jornalista de A BOLA, fui fazer um jogo de futebol com o Ricardo Quaresma ao Estádio Nacional (já nem me lembro que jogo era - reparem na minha atenção), dia em que chovia a cântaros e nos abrigamos na ambulância com os bombeiros. O Quaresma só me dizia : «Ó Elsa, então, concentra-te! Estás a ouvir? Estás a ver o jogo?» E eu embevecida com os rapazes de casaco vermelho, aquelas botifarras, o capacete...
Enfim. Pancas.
Agora, nas minhas novas funções, tive uma reunião em que estava presente um bombeiro. Mas- senhores ouvintes - aquele não dava para catálogo!
Chegamos a uma sala, sentou-se. Subimos umas escadas, visitamos outro átrio, sentou-se. Fomos conhecer outra parte do recinto - sentou-se! O homem era mais vagaroso que o vagar!
Pensei eu cá para mim - se chegamos a precisar de alguma urgência, mais vale desenrascarmo-nos que com esta safa não temos sorte nenhuma.
E eu é que sou alentejana! E eu é que sou da província!
Há com cada uma...
Tal não é a moenga....

MyEmoji_190426_112334_22.gif

 

1 comentário

Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.