Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Bichanando

Onde uma jovem quarentona limpa o cotão que tem no cérebro!

Bichanando

Onde uma jovem quarentona limpa o cotão que tem no cérebro!

mouca.jpg

Sempre fui muito dura de ouvido! Mouca, mouca....mais mouca que uma chapa de zinco (como dizem em Moura)! Cristo! As minhas amigas, todas elas se queixam do mesmo- ninguém consegue bichanar comigo (ironia né?) Não vale a pena dizerem-me coisas em surdina que eu não percebo nada. Muito menos consigo ler lábios. Têm de falar alto e de forma percetível. «Chiça, Elsa, só dás barraca....», oiço constantemente.
«Olha ali aquela gaja que....»
«Aquela gaja o quê?», grito eu, denunciando toda a operação.
Então dizerem-me o célebre clássico: «não olhes agora mas....», comigo, nem adianta que a primeira coisa que faço é logo fitar os meus grandes olhos castanhos em quem não deveria perceber que estava a  ser cortada na casaca.
Enfim. O ruído comunicacional (ironia, né?) é um perigo na minha pessoa.
Estavamos nós na quadrilhice na Zumba (coisa que até nem aprecio -estar na quadrilhice ih ih, ih, ih - ) e contavam-me uma história de um casal que se separou e que o referido ex já tinha outra relação com uma mulher a quem, inclusive, tinha dado um...ringue!
«Um ringue?»
«Sim já está com outra e até já lhe deu um, apesar de a conhecer há pouco tempo.»
«Um ringue?»
Aquilo não me fazia sentido mas há gente para tudo, certo? Imaginei que tivessem grande casa e que o ringue fizesse parte da decoração. Aliás, outro dia fui a um restaurante mexicano (imagine-se) no LX Factory que tinha, verdadeiramente, um ringue no meio.
Pensei - querem ver que os ringues estão na moda? Podia ser, ou não?
Conversa para cá, futrico para lá e eu insistia....«mas um ringue!»
«...R&R%%-SE , Elsa - um RIM!»
Ah - deu-lhe um rim! Já me pareceu mais plausível.
Isto para perceberem o quanto o meu quotidiano vive de conversas estapafúrdias à boleia de ser dura de ouvido. E acreditem que já fiz exames auditivos - dentro de uma caixinha tipo telefónica, com auscultadores na mona a fazerem-me perguntas sobre se ouvia os barulhinhos. E disseram-me, inclusive, que estava tudo bem!!!
A saúde deste País está na rua da amargura....
Pelo sim, pelo não ...vou comprar uns cotonetes!

Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.