Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Bichanando

Onde uma jovem quarentona limpa o cotão que tem no cérebro!

Bichanando

Onde uma jovem quarentona limpa o cotão que tem no cérebro!

cabelos.jpg

Juro-vos que tenho os nervos (ainda mais) feitos em frangalhos.
A quantidade de cabelos no chão com a malta toda em casa é de desesperar.
A minha Caetana tem a mania que quer ser a Rapunzel morena - cortar o cabelo é assunto que lhe abre logo as comportas dos sacos lacrimais. Para mais com o chão branco...é o descalabro. Passo os dias nisto (cada um tem o que merece e estamos todos a pagar os nossos pecadinhos).
Pessimista por natureza - sim, na história do copo meio vazio e meio cheio eu sou daquelas que parte logo o vasilhame, quanto mais ver perspetivas positivas - decidi, contudo, que tinha de tirar algum benefício deste meu agacha/levanta constante.
Pelas redes sociais é ver os meus amigos (ai que saudades das vossas coças) a orientarem treinos em direto e todos, sem exceção, insistem nos agachamentos. Pois, saibam, queridos instrutores que a nova modalidade resultante desta $%$$#$%& quarentena  é o 'hair catching'. A cada cabelo que vejo no chão faço um agachamento completo daqueles de bater com a bunda no chão (como diz a estúpida da música).
Vão ver quando isto acabar - qual Kardashian qual quê!
Braços? Flácidos. Músculo do adeus? Umas badanas do pior. Resistência - nenhuma, é só arfar da cozinha para a sala. Mas o befe? Rijo como os meus bifes de frigideira!

Tal não é a moenga!

Cuidem-se! Agachem!