Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Bichanando

Onde uma jovem quarentona limpa o cotão que tem no cérebro!

Bichanando

Onde uma jovem quarentona limpa o cotão que tem no cérebro!

dv-mulher-cheiro-odor-e1470752886869.jpg

Já por variadíssimas vezes vos contei que estou em nervos com a praga de piolhos da qual não me consigo livrar. Shampoos, repelentes, mezinhas caseiras, vinagre, álcool etilico - tudo junto - . já não sei que mais faça para a minha Caetana não fazer, assim, tanto jus ao apelido de Bicho.
Agora tenho comprado um óleo na farmácia - que se chama árvore de chá - que lhe ponho todos os dias na nunca e atrás das orelhas antes de ir para a escola. E, como depois sempre mos pega a mim, ponho eu também aquela atrocidade ao olfato ao sair de casa. Depois, para disfarçar o cheiro de raízes podres, borrifo-me toda com Chlóe, da Cacharel, a ver se as pessoas não se afastam de mim na rua.
Estava eu a beber o meu chazinho no shopping dos Olivais, quando chega uma senhora toda muito bem posta perto de mim. Uma daquelas septuagenárias, casaco com gola de pele, cabelo ao alto, lábios vermelhos, fios e pulseiras sem destino, a cheirar ou a laca ou a um daqueles perfumes que rapidamente associamos a idosos. 
Simpaticamente, meteu conversa . «Desculpe, qual o seu perfume? Cheira tão bem.»
«Chloé», atirei de imediato.
«Ai, desculpe, é que não parece! Eu conheço bem o Chlóe e não me parece nada», dizia, enquanto me 'snifava'. «É um ótimo cheiro a flores», acrescentava...
Ai, querem ver que a mulher gosta do óleo dos piolhos que faz lembrar raízes podres?
Não me desfiz e continuei na minha. «Pois, mas olhe que é Chlóe».
«Pois, os perfumes alteram de pele para pele...» 
Quer dizer que a minha transformava perfume caríssimo em odor de canos, não?
Tal não é a moenga...

MyEmoji_190124_110459_1 (1).gif