Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Bichanando

Onde uma jovem quarentona limpa o cotão que tem no cérebro!

Bichanando

Onde uma jovem quarentona limpa o cotão que tem no cérebro!

20190621_193229.jpg

Como não babar ao ver a benção a que tive a felicidade de chamar Caetana exibir-se na sua acrobática?
Fico logo com lágrimas nos olhos. E canto. E chamo-a! E grito! E chamo-lhe linda!. Enfim, um despautério.
O meu pai está sempre a dar-me na cabeça: «distrais a miúda, pá!»
Mas é mais forte que eu. Só mais tarde, quando vejo os videos, é que percebo a figurinha e o quanto estrago as gravações com a minha vozinha de fim de garrafa de Porto. 
No último dia de aulas o meu CDCRMF foi fazer pequena exibição na escola dos Moinhos da Funcheira. A escola da Caetana. Ela estava nas sete quintas - feliz, feliz por todos os colegas, amiguinhos e professores irem vê-la na sua arte.
Eu, como vice presidente do clube e mamã, pus-me defronte delas para fazer um direto no Facebook do clube. 
Babava eu, gritava eu, cantava eu quando começo a ver do outro lado a minha amiga Célia e o Zé Luís a chamarem-me, a fazerem-me gestos...Porra, não vêem que estou aqui entretida e ocupada?
Liga o Zé Luís. Caramba que me estragou o vídeo:
«O que éiii, pá
«Elsa, estás de saia branca, de joelhos no chão a mostrar as cuecas e a ver-se tudo!»
Ups! Nem tinha reparado tão embevecida que estava a ver voar a minha menina!
E então? Quem nunca? Catano!
Tal não é a moenga..

MyEmoji_190124_110459_15.gif

 

IMG_20190519_123259_846.jpg

Isto, as mamãs, dão com cada barraca...Só babanço. Eu confesso - a cada sarau ou exibição das miúdas dos meus Moinhos onde está a minha Caetana...choro! Adoro vê-las naquela coreografia da acrobática; arrepio-me de ver a minha pequena volante firmar-se no cimo das colegas, bem...é uma vergonha. Um despautério! No último sábado fomos aplaudi-las a Almoçageme, a um festival gímnico. Dia em que o Benfica foi campeão. Na bancada, sentei-me ao lado de um senhor que quase nunca largou o telemóvel para acompanhar a festa encarnada. Ora, aqui a bela da Elsa Marina, quando chegou a vez das minhas Funchos, pois que não se controlou: «Go Piquiiiiiiii», «Lindas!», «Espetáculo»....e palmas e mais palmas... Uma berraria, uma euforia, um histerismo que quando dei por mim, além de estar ao quase ao colo do homem - já que queria gravar a minha Caetana que se exibia na ponta do pavilhão oposta ao local de onde estava-, tanto lhe gritei aos ouvidos que o 'amigo' só não se foi embora dali por vergonha, ou porque toda a bancada teria de levantar-se para ele sair. Quando caí em mim...«Ai , desculpe lá o histerismo. Sabe como é a emoção...»
Nem um sorriso, nem um «deixe lá, não faz mal». Sabem quando alguém olha para vocês com cara de quem vos quer puxar fogo? Ups!
Tal não é a moenga...

MyEmoji_190124_110459_6.gif

 

telm.jpg

Sério- o meu anjinho da guarda é imbatível! Ontem, dia da mãe, voltei a apanhar uma sova nas palmas das mãos de tanto aplaudir a minha Piqui e demais ginastas do meu clube - O CDCRMF - Centro Desportivo Cultural e Recreativo dos Moinhos da Funcheira do qual sou vice presidente (estão carecas de saber, né?)
Mais um torneio de acrobática e lá fui a caminho de Murches (Cascais). 'Murche' ando eu, catano, e tenho de aguentar-me. Tão estouvada andava, sem perceber porquê, que estacionei o carro, entrei no pavilhão carregada com a minha mochila mais a lancheira da moça, mais um saco com o fato de treino do clube que a minha vaidosa não quis vesti-lo porque tinha calças e queria ir de pernas ao léu..bla, bla, bla...«Ó Elsa, não te falta nada?» Perguntou-me o meu amigo João. Irra? Mais? Que me falta agora, raios? Tão só o telemóvel.
Não me perguntem onde o deixei - se em cima do carro, se ficou no chão do parque de estacionamento...
Mas a sorte que tenho de haver sempre quem me apare os golpes! Tenho mesmo de começar a beber uns chazinhos de camomila ou de passiflora para ver se assento a cornadura.
Porque é que Deus Nosso Senhor não me fez ajuizada e serena em vez de fixe?

Tal não é a moenga...

MyEmoji_190426_112334_8.gif