Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Bichanando

Onde uma jovem quarentona limpa o cotão que tem no cérebro!

Bichanando

Onde uma jovem quarentona limpa o cotão que tem no cérebro!

anos 90.jpg

Não, não é aos Emirados Árabes, à Lapónia, ou sequer aos States (já vos disse que ninguém me apanha num avião). Falo mesmo da mega party da Revenge of the 90's. Eita que aquilo deve ser a p...#$%. da loucura. Back Street Boys, Spice Girls, 7UP e o Fido Dido,  pulseiras de missangas que se se partiam todas e havia moenga daquela rolando por todo o lado, ténis da Kappa, roupa da Hang Loose, tamagoshis e tantas outras coisas a que, naquele tempo, não ligavamos ou davamos valor. Agora volta tudo a ser moda!
Eu que já me sentia cota por ter começado a ouvir a Smooth (rádio), recebi mensagem no Instagram do blog - já conhecem sorrir.bichanando onde diariamente meto foto dos meus implantes dentários mostrando-vos com o meu sorriso, o sorriso que quero proporcionar-vos com a minha escrita? -, mensagem essa a lembrar-me que não posso ir para a quinta das tabuletas sem reviver os anos 90.
Não posso mesmo. De certeza que a Gertrudes tem coisas no baú para eu brincar cá em casa, entretanto, enquanto não há festa e bilhetes!

Tal não é a moenga....

MyEmoji6.gif

 

penteados.jpg

Desculpem interromper esta minha saga de histórias e barracadas mas lembram-se que ontem falei-vos do liceu e do baile de finalistas? Não resisto a pensar alto e em reviver aquelas modas...É que fui para o bendito baile parecendo uma garrafa de Ballentine: vestido verde garrafa, com mangas de balão e uma saia curtinha, cheia de roda e tule preto por baixo. Mas onde tinha a cabeça, por Dios!
Minha mãe, costureira e autora do dito modelito, ainda hoje diz que estava «tããã linda!». Cristo!
E as popas no alto da cabeça no início dos anos 90? Latas de laca, a pontos de ficarmos presas umas às outras quando nos cumprimentavamos com beijinhos (sério que acontecia).
Outra altura houve em que todas tínhamos uma saia de balão, com um mega elástico na cintura: por Dios, parecíamos abajours de candeeiros!!!!
Desde pequena que, com mãe modista, era das primeiras a surgir com novidades. Ainda guardo uma foto, tinha eu seis anos, com o cabelinho para o lado e um vestido cheio de debruns com os gasganetes apertados com um laçarote que até me fazia duplo queixo.
Amigas, como crescemos sem traumas de maior??????

Verdade, já subscreveram o meu blog? Meteram lá o vosso mail???

1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9......................zen, zen