Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Bichanando

Onde uma jovem quarentona limpa o cotão que tem no cérebro!

Bichanando

Onde uma jovem quarentona limpa o cotão que tem no cérebro!

20190504_101953.jpg

Agora juntei-me a uma trupe bem fixe - desafiada pela zumbástica Sónia Vasconcelos - e, aos fins-de-semana, vamos para o Parque das Artes e Desportos da Amadora armar-nos em saudáveis e atletas. E bem! Há que mexer e não deixar os artelhos atrofiar. 
Começamos sempre por dar duas voltas ao circuito da chamada Boba. Acontece que há lá uma subida tão íngreme que toda a gente ali abranda, sob pena de trazer os gémeos das pernas nas mãos. Sítio onde sempre está um pastor que, antes sendo apenas atrevido, agora estica-se a pontos de nos apetecer alçar a mão e esbofetea-lo até as ovelhas terem pena dele. À primeira passagem : «é lá grande atleta!»- OK nada disse:
Na segunda....Olhem que já tinha ouvido piropos parvos, até já me tinham elogiado o branco dos olhos, agora a curvatura entre nádegas... Agora imagine-se isto dito da forma mais brejeira que consigam imaginar, ficando ainda a espumar-se com outros ditos que tais, enquanto eu fugia sem olhar para trás. 
E todos os que ali passam ouvem o mesmo, que o 'amigo' aprecia tudo o que mexe
Pobres ovelhas- é o que vos digo. Hei-de fazer queixa à Sociedae Protetora dos Animais! Sabe Deus se não se joga aos bichinhos... A Sónia, que é bem vistosa e curvilínea, deixou de para lá ir correr de manhã cedo com medo do energúmeno senhor, que só ainda não deve ter apanhado umas valentes bordoadas graças aos seus cabelos brancos.
Ó autarquia amadorense - não há maneira de aplicar coimas ao indíviduo? É porque qualquer dia, se o mulherio se junta, o homem vê de perto as curvaturas....de um taco de basebol! (até parece que eu era capaz...enfim)
Tal não é a moenga...

MyEmoji_190426_112334_41.gif

 

escaldao.png
Ora aí está o primeiro do ano! O primeiro escaldão, entenda-se!
E não, não fui à praia! Fiquei mesmo na Amadora, no Parque da Boba.
Agora dei em correr lá no circuito cheio de subidas íngremes- onde se encontram uns borregos a pastar-, mais a minha professora de zumba e suas discípulas.
Mas pastar foi coisa que não fizemos. E o tempo passou a voar. E o solinho sabia tão bem.
Lá passei uma bela manhã, transpirando que nem uma maluca.
No final do dia encontrei uma conhecida que me achou coradinha.
«Estás muito maquilhada hoje!»
«Eu? Nem corretor de olheiras tenho!»
«Então apanhaste sol!»
«Ah - pois foi!» E nisto dá-me um apertão nos ombros - porra, querem ver?
'Atão' não fiquei com a blusa toda marcada e com as bochechas cuja cor parecia que tinha saído de uma talha de vinho? Está certo!
Chego aqui e depara-se-me esta imagem da Barbie também com um escaldão, boneca sobre a qual li que já tinha feito 60 anos. 
Meus amigos: se os escaldões nos fizerem chegar assim à bela marca de sexuagenária, vou torrar e pastar com os borregos para a Boba! Ah, ah, ah...
Tal não é a moenga...

MyEmoji7.gif