Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Bichanando

Onde uma jovem quarentona limpa o cotão que tem no cérebro!

Bichanando

Onde uma jovem quarentona limpa o cotão que tem no cérebro!

25.07.19

Estou bem arranjada....

Bicho
Agora é que estou bem arranjada! Já vos contei que a minha Caetana é dona do coração do miúdo mais mal educado da escola, o marau que está sempre de castigo e que todos os dias vai parar ao gabinete da diretora? 'Atão' mas o que o moço está embeiçado pela minha Piqui? Estava eu descansadinha em casa, às onze da noite, já mais para lá do que para cá, quando começo a receber mensagens de voz no Facebook. Nem estava a ver quem era o Zé Pedro! Mensagem 1 - «Olá - amanhã (...)
30.06.19

Lá se vai a autoestima!

Bicho
Porra! Anda uma pessoa a tentar manter-se o mais jovem possível, a tentar manter a autoestima quando a idade só puxa para baixo (literalmente) e, em escassos segundos, vai-se o moral todo. Eu cá sou moça de comprar roupa baratinha. Até porque a estrago logo toda- maneiras que não vale a pena investir muito no look. Mas desde sempre que gosto de riscas. Adoro riscas! E também sou muito fã de um bom padrão xadrez. A minha peça de vestuário preferida são os vestidos - práticos, (...)
27.02.19

Coisa 'mai' linda!

Bicho
Epá, perdoem-me o babanço mas tenho de contar-vos a história de amor da minha Caetana. Bem, neste caso - e graças a Deus ao contrário da mãe- é ela a recetora de intenso amor que não consegue corresponder. Trata-se do marau da escola - aquele puto desgadelhado que bate em todos, que chama nomes a toda a gente, que está sempre no gabinete da coordenadora, que avia de cebolada quem lhe aparece à frente. Imaginemos o nome fictício de Zé Pedro. Pois que o belo do Zé Pedro, (...)
01.02.19

Bom de ouvir!

Bicho
É verdade que o sino às 9 da manhã de um domingo e o cabrão do galo que não se cansa de  se esgoelar seja a que horas for, mexem-me um bocadinho com os nervos. Mas na minha nova residência situação há que me agrada sobremaneira. Muitas e muitas vezes faz-me companhia o som de crianças a brincar na rua. Pensei que tal já não fosse possível nos dias de hoje. Mas elas lá estão, a andar de bicicleta, a jogarem basquetebol, à apanhada...Saudosa apanhada, jogo em que eu era uma (...)
15.11.18

Estratégias!

Bicho
Ainda me deu para rir. Mas houve quem não achasse graça. Estava eu na Loja do Cidadão - sim, porque isto de mudar de casa, cancelar contratos de um lado, abri-los de outro, filas e filas para chegar a nossa vez e estar no lugar errado- dá azo a mamar um frasco de valeriana e nem assim. Então que tenho de alterar a residência do cartão de cidadão, certo? Eis-me no IRN com 20 pessoas à minha frente (como hei-de deixar de mascar pastilhas? Não dá...) Respirei fundo e sentei-me (...)
02.11.18

Até parece, né?

Bicho
Olhem que linda, a minha Caetana a ler um livrinho! Parece, né? Lamento desiludir-vos mas trata-se da maneira mais inteligente que a minha tufão arranjou para esconder estar a mascar pastilha! A moça é ardilosa! E muitas vezes safa-se! Eu ainda a apanho umas quantas vezes em falso. Já o paizinho dela... Uma destas manhãs tive de sair bem cedinho, deixando-a entregue ao pai, que ficou incumbido de a levar à escola. Como sempre faço, deixei escolhida a roupa que a Caetana haveria de (...)