Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Bichanando

Onde uma jovem quarentona limpa o cotão que tem no cérebro!

Bichanando

Onde uma jovem quarentona limpa o cotão que tem no cérebro!

Mulher-Surda-Mercado-de-Trabalho-1200_630-1024x538

Se há coisa de que tenho pensa é de ter a audição pouco afinada. Sou mesmo dura de ouvido. Mouca que nem uma porta. Náo percebo nadinha quando sussurram, não sei ler lábios, não sou boa parceira de cochichos porque percebo tudo na escada. O que é irritante. E há vezes em que a limitação não dá mesmo jeito algum. Fui chamada a uma conversa profissional. Tenho aí uma perspetiva de um part time... Lá me dirigi onde me mandaram e pediram-me para aguardar. A pessoa que me receberia estava a falar com outro rapazito dentro de uma sala que apenas tinha um vidro a separar-nos. Se tivesse bom ouvido, por certo conseguiria perceber o que diziam. Estava curiosa, ora pois. O moço devia ir ao mesmo que eu. Tentei, esforcei-me para caraças para me focar apenas nos sons que vinham daquele aquário...Percebia bem os risos mas o que diziam, nada. Patavina! Até deixei cair a mala para ter de agachar-me e aproximar-me, não fosse ter sorte. Nada. Podia ser o terceiro segredo de Fátima que eu, ali ao lado, paredes meias - ou melhor, vidro meias- não pescava népia. Pelo sim, pelo não já me muni de cotonetes. Mas não vou lá.
Também, verdade seja dita - mania que as pessoas têm de falar baixinho, de serem discretas e cautelosas. Educadas! Porra!

Tal não é a moenga....

MyEmoji_190426_112334_41.gif