Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Bichanando

Onde uma jovem quarentona limpa o cotão que tem no cérebro!

Bichanando

Onde uma jovem quarentona limpa o cotão que tem no cérebro!

20190412_223013.jpg

Olhem que eu...realmente só a mim! Acreditam que consigo ter sorte mesmo quando não tenho nenhum azar? Numa destas tardes, o meu telemóvel não parava de tocar, número que não conhecia. Raios! Que nervos - seria alguém para vender-me cursos, ou seguros, ou porras...aish! Não atendi. Seguia a minha vidinha quando recebi a mensagem que acima publico: tinha perdido a carteira e guardaram-ma no shopping dos Olivais. Inacreditável!
A sorte que eu tenho. Estava num café e confidenciei que tinha de ir a fugir buscar a bendita carteira: meu dinheirinho, meus cartões!
Apressei-me, ainda fui à casa de banho, e pus-me na fila  - sim, que este novo método de cartões nos cafés pode ser mais prático para os estabecimentos mas para os clientes é uma valente seca! Atão não é bem mais cómodo pagar ao funcionário de mãos cheias de calos e unhas negras que guarda as moedinhas pretas numa bolsinha de cintura?
Lá paguei o meu belo chá verde ...atão mas espera lá: se eu paguei, tenho a CARTEIRA na mão! Dah! Fui ver à mala e não me faltava nada!
Raios! Liguei para o número da mensagem. «Olhe a carteira não é minha! »
«Mas encontraram uma carteira que tinha o seu cartão da nossa parafarmácia com o seu número!»
«Pois - não sei que se passou!»
Resumindo e baralhando: ou alguém encontrou um cartão meu e ficou com ele, ou alguém tinha o meu número na carteira perdida ...Querem ver que há taça? Hum?????!!!

Tal não é a moenga...

MyEmoji_190124_110459_45.gif