Jornalista Blogger Alentejana Entertainer

Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Bichanando

Onde uma jovem quarentona limpa o cotão que tem no cérebro! Só caganças e fanfarronadas! Por Dios!!!!

Bichanando

Onde uma jovem quarentona limpa o cotão que tem no cérebro! Só caganças e fanfarronadas! Por Dios!!!!

Tinha sido cá um cagaço!

floresta.jpg

 Não viveria com o susto! Tinha sido cá um cagaço! Abençoada alminha!
Nem sei de quem falo, apenas sei tratar-se de uma miúda simpática que não esteve para me espetar um piripaque.
Num destes dias dirigi-me para o meu carro no Estádio Nacional, estando o meu bólide estacionado naquela parte da mata, debaixo das árvores. Lá vinha eu, toda lampeira, carregada que nem uma mula (como ando sempre), trazendo pendurada a minha malinha (tamanho XXL), mais a mochila do computador, outro casaco na mão e chapéu de chuva (sombrinha como se diz em bom alentejano - agora cá escrever o correto..)
Já com os botins todos enlameados- porque as poças e os charcos vêm todos ter comigo-, percebi que não conseguia puxar das chaves do carro. Ainda tentei mas tudo me caía dos ombros abaixo. Então, não estive com meias medidas: despejei tudo em cima do capot do carro que estava parado ao lado: sombrinha, mochila, computador, casaco, abri a mala, saquei carteiras, cadernos, canetas, frascos e frasquinhos, batons, comprimidos e todas as minhoquices que trago comigo. Lá encontrei as benditas chaves, lá arrumei tudo à pressa e entrei, a custo, para dentro do carro. Assim que acendo as luzes, olho para o lado, e não é que a rapariga estava sentada ao volante assistindo à forma como fazia do capot dela meu tapete?
Larguei-me a rir, pedi desculpa com as mãos e acelerei dali para fora não fosse a bendita criatura dizer-me alguma coisa. Atão, o que é que querem - não vi a rapariga dentro do carro com aquele breu...
Se me tivesse buzinado ou acendido as luzes no meio do processo...tinha apanhado o cagaço da minha vida. Agradecida miúda!